Bem-vindos ao Lugar de Oração Mensagens e Imagens Voltem Sempre!

quinta-feira, 22 de março de 2018

EU SOU BARRO.





🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺

EU SOU BARRO.
Um dia, o oleiro me viu, e gostou
aprimorou minha cor, e identificou a textura .
Foi pelo amor, o seu desejo de fazer de mim, de construir em
mim "do barro" um vaso.
Me trouxe até a sua casa, sua olaria.
Me colocou em suas mãos, me tocou, mediu a minha textura
e calculou-me nas porções segundo suas necessidades.
Começou a me moldar a trabalhar em mim, uma forma.
Colocou-me na roda de oleiro, e começou todo o seu
processo e sua sábia criatividade.
Eu sou barro, e como barro, sou escorregadio, meloso, sem forma e muito sensível.
Ele começou a me rodar, rodar, na roda de oleiro...
Nas suas mãos eu rodei, varias vezes, eu não sabia o que oleiro queria fazer de mim, sentia-me confuso tonto, agitado...
Como barro, sentia que as mãos do oleiro, eram quentes, calorentas sufocantes. Como barro me derretia, eu me desfazia.
Ele o "Oleiro" me desfazia nas sua mãos.
E lá o "Oleiro", voltava a me reconstruir...
Eu queria ter vida própria, mas eu, só era barro.
Entrando de coração no poema, eu posso sentir "EU SOU
AQUELE BARRO".
Eu escorregava nas mãos do oleiro, eu me derretia, ele me desfazia por varias vezes, eu parecia lutar contra o meu criador...
Posso escorregar das mãos do oleiro, posso derreter nas mãos do oleiro. Mas, não tenho voz, o oleiro é "O Oleiro" O Mestre o dono da Obra.
Eu, só sou "BARRO"
Ele me move, me faz derreter em suas mãos quentes e calorosas, pode me desfazer, quantas vezes ele quiser.
Continuo sendo "BARRO".
Comecei a perceber, que o oleiro só queria me moldar, queria fazer de mim, de nós um belo vaso.
PRECISO, precisamos nos deixar ficar no centro da sua vontade.
E o oleiro, começou a me moldar do seu gosto, do seu jeito.
Sinto-me, sintam-se felizes, por reconhecer que o oleiro, só deseja criar em mim, em nós uma boa forma, e porque não dizer; uma Linda forma.
Um dia! estarei, estaremos prontos... Segundo a sua vontade.
Esse seja o meu, o nosso objetivo.
Queremos crescer, nas mãos do oleiro...
Eu quero, e que tambem todos queiram, ser cada um, vasos lindos mas para isto tenho, temos que sossegar nas mãos do oleiro, deixá-lo trabalhar...
Sosseguemos! nas suas mãos
Ainda "Sou, somos Barros"
Com muita honra, sou barro, somos barros nas mãos do Oleiro.
Quantos querem ser vasos? Já se dizem que "sou" ou que somos vasos, sem ainda ser nada.
Quando for Vaso, eu quero ser um vaso de Barro nascido das mãos do oleiro, Porque naquele dia, ele mesmo o "GRANDE OLEIRO" me transformará
pela sua graça, ME RENOVARÁ num vaso de "OURO" serei polido revestido, e para honra e Glórias, adornarei as moradas de Deus. Um dia eu fui criado pelas mãos de Deus, eu voltarei as mãos de DEUS. Meu grande " OLEIRO E CRIADOR."
Miss: Josefa Gomes

🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺

Nenhum comentário:

Postar um comentário